Bitcoin sofre nova queda após decisão da Coreia do Sul

O bitcoin passou por uma enorme volatilidade em dezembro, e a montanha-russa ainda não acabou. Seu preço chegou a despencar 13% nas últimas horas após uma decisão da Coreia do Sul, um dos maiores mercados de criptomoedas no mundo.

O governo sul-coreano anunciou hoje uma nova lei para regulamentar as casas de câmbio de criptomoeda, monitorando-as de forma contínua e proibindo contas anônimas.

Atualmente, muitas casas de câmbio exigem pouco mais do que seu nome e e-mail para autorizar transações. Elas pedem outros detalhes pessoais apenas caso você queira negociar grandes quantidades de dinheiro.

A Coréia do Sul também considera aprovar uma nova lei para que os órgãos reguladores fechem completamente as casas de câmbio se necessário. “O governo advertiu várias vezes que as moedas virtuais não podem desempenhar o papel de uma moeda real, e podem resultar em altas perdas devido à volatilidade excessiva”, diz um comunicado.

Isso levou o preço do bitcoin de US$ 15.800 para quase US$ 14.000 nesta quinta-feira (28), de acordo com o CoinMarketCap. Outras moedas acompanharam o movimento: o ether sofreu queda de 8%, por exemplo.

Com o final do ano, muitos investidores realizaram lucros e fizeram o bitcoin despencar. Os preços chegaram a cair mais de 50% em apenas um dia no Brasil.

Fonte https://tecnoblog.net/230990/bitcoin-queda-coreia-do-sul/

Por 

Comentários

Comentários