Ciência de Dados: a informação a favor dos escritórios e departamentos jurídicos

Por Caio Santos, CEO e fundador da Data Lawyer

O judiciário brasileiro fechou o ano de 2018 com 80,1 milhões de processos em tramitação. Desses processos, apenas 16% são físicos e o restante já iniciou em formato digital.

Mas o que esses dados representam sem interpretação? Como conseguir organizar dados para aplicações práticas ao seu negócio?

Hoje, vou compartilhar com vocês algumas estatísticas da Justiça do Trabalho sobre a média de valores, distribuição de processos e atividades econômicas.


Distribuição de processos trabalhistas 

📍 Você sabia que em 2019 foram registrados 1.394.831 processos trabalhistas até o momento?

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

📈 Neste ano, os meses com maiores registros de processos trabalhistas foram maio, abril e fevereiro, respectivamente.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Média de valores, causa, custo, condenação e acordos

📍 Você sabia que houve um crescimento de 15.49% na média de valores de causa de ações trabalhistas do ano de 2017 para 2019?

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

💸 Os assuntos que tiveram desfecho procedente com maior valor médio de condenação de 2014 a 2017, ou seja, antes da reforma trabalhista são:

1 – Doença Ocupacional

2 – Acidente de Trabalho

3 – Estabilidade Acidentária

4 – Adicional de Periculosidade

5 – Intervalo Interjornadas

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

📍 As comarcas de Jundiaí, São Bernardo do Campo, Piracicaba, São José dos Campos e Guarulhos possuem os maiores valores médios de condenação do país com desfecho procedente.

💸 Já os assuntos que tiveram desfecho procedente com maior valor médio de condenação desde novembro de 2017 a 2019, ou seja, depois da reforma trabalhista são:

1 – Plano de Cargos e Salários

2 – Doença Ocupacional

3 – Acidente de Trabalho

4 – Intervalo Interjornada

5 – Participação nos Lucros e Resultados (PLR)

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

📍 As comarcas de Sorocaba, Jundiaí, Santo André, São Caetano do Sul e Barueri possuem os maiores valores médios de condenação do país com desfecho procedente.

Atividades econômicas

🔎 As 5 atividades econômicas que demandaram mais processos trabalhistas em 2019 foram:

  • Administração pública;
  • Construção de edifícios;
  • Restaurantes e similares;
  • Limpeza em prédios e domicílios;
  • Transporte rodoviário de cargas.

📈 A atividade econômica “Administração pública” fechou mais de 30 mil processos trabalhistas por meio de acordos, enquanto a “Construção de edifícios” encerrou pouco mais da metade em acordos, fechando o mês de novembro em 17 mil.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

🚚 O “Transporte rodoviário de cargas” têm o maior valor médio de causa em relação às demais.


Você já pensou em como seguir carreira de analista de dados jurídicos? Sabe como interpretar essas informações a seu favor? Entre em contato comigo que eu explico tudo o que você precisa saber para elevar a performance do seu escritório ou departamento jurídico.

O que você achou das informações disponibilizadas? Mandem as suas dúvidas ou sugestões nos comentários. 😉


Todos os dados acima foram retirados do Data Lawyer Insights*, plataforma de jurimetria trabalhista que gera análises inteligentes e cruzamentos de dados, ajudam na tomada de decisões e identificação de tendências.

*Valores extraídos mediante Inteligência Artificial com uma acurácia de 94%

FONTE: //www.linkedin.com/pulse/ci%C3%AAncia-de-dados-informa%C3%A7%C3%A3o-favor-dos-escrit%C3%B3rios-e-jur%C3%ADdicos-santos/

Comentários

Comentários