Como encarar os desafios de um mercado saturado de advogados.

Por Suzana Mazzio

O curso de Direito tornou-se o mais queridinho dos brasileiros nos últimos anos. Segundo estudos recentes, esse curso tem mais de 900 mil alunos espalhados em faculdades por todo o País. 

A grande procura por esse segmento é motivada pelos bons salários oferecidos, além da estabilidade proporcionada. O mercado é imenso, continua crescendo bastante e pode ter várias funções dentro da carreira jurídica ou na advocacia. A atividade ainda possibilita que o profissional do Direito trabalhe como professor ou consultor.

Quem decide seguir esta profissão sabe que as oportunidades no mercado de trabalho são muitas, mas ao mesmo tempo aumentou demais a quantidade de profissionais na ativa, desequilibrando cada vez mais a balança da oferta e da procura e a concorrência por uma vaga de emprego. Mas qual estudante nunca ouviu dizer que o mercado está saturado

Começar umacarreira em qualquer profissão é difícil. A busca por um espaço no mercado de trabalho com pouca experiência e o desafio de participar dos processos seletivos em empresas com alta concorrência são alguns dos principais fatores enfrentados.

Mas, quando se trata da carreira jurídica, todas essas situações parecem ficar mais difíceis. O primeiro grande obstáculo desta profissão é a aprovação no Exame da Ordem (OAB), que se tornou uma aflição para muitos recém-formados. Depois de ser aprovado no exame, o profissional ainda enfrenta a dificuldade de escolher uma área entre a infinidade de opções de cursos para especialização

Não dá pra discordar que o mercado do Direito está saturado depois de saber essas informações, mas a boa notícia é que é possível se destacar e  quebrar essa realidade de um mercado extremamente competitivo.

Entenda seus clientes

É muito importante escolher uma área para atuar, mas nunca se limite a ela. Se especializar e ser referência em uma das áreas do Direito é um grande diferencial, mas não se deve ficar restrito apenas a essa especialidade.

Sempre olhar para o todo e, principalmente, para as necessidades dos clientes. Descobrir os problemas das pessoas que deseja impactar. Após isso, apresentar soluções jurídicas inovadoras para resolver esses impasses.

Seja atencioso e cative seus clientes

Muitos dos advogados que sofrem com um mercado saturado têm um erro em comum: não se comunicam com seus clientes da maneira correta.

O erro na comunicação ou a falta dela é frequente entre os profissionais do Direito. Vários advogados se preocupam mais com o estudo do caso, ganhar a causa e acabam se esquecendo de cativar seus clientes. Muitos não retornam ligações, não respondem WhatsApp e nem dão feedbacks. 

Ter uma boa comunicação é essencial na prática jurídica. O cliente está passando por algum problema e ansioso para resolver seu caso. Por isso é muito importante estar à disposição para esclarecer dúvidas e deixar o cliente a par do processo sempre que tiver uma novidade. Uma dica é combinar horários para essas conversas. 

O primeiro passo para fidelizar os clientes é a habilidade que o advogado tem de ouvi-los. Se a pessoa te procurou por alguma necessidade, é porque acha que você é capaz de solucionar seus problemas. Quem quer enfrentar o mercado saturado precisa ter atenção e boa comunicação e esses requisitos são tão importantes quanto o processo. Cliente satisfeito traz indicações e lucros para o escritório.

Seja empreendedor

Assim como muitos advogados entram no mercado todos os anos, outros tantos desistem de advogar. Isso porque existem profissionais incríveis no mundo jurídico, mas que não são empreendedores.

Muitos advogados super competentes não se valorizam e nem cobram para fazer uma consulta, uma análise de documento e pedem valores muito abaixo do que merecem para audiências como uma consequência do mercado saturado.

Além de ser um ótimo profissional do Direito, o advogado precisa entender de negócios. Muitos dos cursos de Direito ainda não têm em sua grade o conteúdo de administração. Por esse motivo, é mais do que importante os advogados dominarem princípios de administração, entender de marketing jurídico, planejamento financeiro e saber quais as suas principais metas.

Use a tecnologia a seu favor

Se antigamente a tecnologia era vista como diferencial no mundo jurídico, hoje em dia, seu uso é essencial. Os profissionais do Direito que têm processos em tribunais de diversos estados sabem que acessar uma por uma das páginas para conferir se houve movimentação processual leva muito tempo.

O processo eletrônico facilitou muito a vida dos advogados, mas existem maneiras ainda mais eficientes de ganhar tempo e produtividade. Para quem procura celeridade no controle dos dados jurídicos, uma forma fácil de reduzir o tempo e garantir segurança é contratar um software que reúna todas as informações necessárias.

Se você consegue visualizar suas informações importantes, com os dados relevantes selecionados, menos tempo você gasta realizando esse trabalho no seu dia a dia. Um software jurídico auxilia no gerenciamento da sua rotina.

Reinvente-se! O mercado saturado de advogados só existe para quem se recusa a evoluir, quem não se relaciona da maneira correta com seus clientes e não entende do seu próprio negócio. 

Gosta de temas relacionados ao Direito e Tecnologia? Então, aproveite para se inscrever em nossa newsletter e receber o melhor do conteúdo jurídico. 

Suzana Mazzio é assistente de comunicação da Advise. Jornalista, auxilia na produção de conteúdos buscando ajudar ainda mais os advogados a otimizarem suas rotinas. https://www.linkedin.com/in/suzana-m-04041334/

Comentários

Comentários