Ferramentas para advogados: como usar as tecnologias que você já conhece de maneira inovadora

Num passado recente, dominar algumas funções mais complexas do Excel e conhecer alguns atalhos do Word eram verdadeiros diferenciais competitivos. Hoje em dia, nem todo o domínio do pacote Office é suficiente para impressionar seu cliente e melhorar sua rotina de trabalho.

As barreiras que separam os mundos virtual e físico, online e offline estão cada vez mais sutis. E não é preciso pensar muito para perceber que a tecnologia faz parte da rotina do advogado moderno a todo momento, desde a hora que ele acorda com o despertador do celular até o momento em que pega o aparelho para dar uma última checada nos emails antes de dormir.

Como seria a sua rotina jurídica sem as soluções tecnológicas?

Já imaginou organizar o dia a dia do seu escritório ou da sua advocacia autônoma, atender solicitações de clientes, acompanhar o andamento dos processos e lidar com todas as atividades corriqueiras sem a ajuda das ferramentas online?

O processo de modernização da advocacia possui uma característica muito interessante: as novas tecnologias são experimentadas primeiro no universo individual e pessoal, normalmente para lazer e disciplina particular, e só depois são adaptadas para atender às necessidades profissionais dos advogados autônomos e escritórios de advocacia.

Sabendo disso, fizemos este artigo para te convidar a repensar a sua relação profissional com a tecnologia. Será possível melhorar ainda mais o seu dia a dia jurídico e administrativo usando as ferramentas que você já conhece de uma forma inovadora? A resposta é sim. Para saber como, é só continuar a leitura.

Que ferramentas para advogados são necessárias para começar um escritório ou melhorar a atuação independente?

Os escritórios e advogados mais inovadores costumam incorporar às suas rotinas de trabalho alguns equipamentos que, num primeiro momento, podem ser considerados dispensáveis para suas atividades profissionais. Mas, com o passar do tempo e o surgimentos de novas ferramentas online e novos recursos, se tornam fundamentais para o exercício de suas funções.

Além dos tradicionais computadores de mesa com acesso à internet, o uso de outros gadgets(dispositivos) pode fazer a diferença no seu dia a dia e solucionar problemas pontuais, como falta de tempo, ruídos na comunicação e pouca produtividade.

Seja um advogado mais produtivo com a ajuda da tecnologia

smartphone tornou-se o melhor amigo do advogado. Além de expandir as opções de contato do cliente, o aparelho é pequeno para o tamanho de possibilidades que oferece. Com ele, você pode consultar todas as páginas digitalizadas de um processo, acompanhar sua agenda, acessar decisões judiciais, consultar legislações rapidamente e ainda fazer videoconferências, ligações via internet e acessar todas as informações registrada em seu software jurídico. Tudo em tempo real e ao alcance dos dedos.

Além disso, basta uma busca bem segmentada no Google para descobrir bons aplicativos para melhorar sua gestão jurídica e produtividade. Já existem algumas ferramentas para advogados online, como o Vade Mecum Jurídico Lite, disponível para Android e iOS. O aplicativo dá acesso a obra completa e é atualizado automaticamente.

Combinar dois gadgets pode te dar ainda mais mobilidade

Se você passa boa parte do seu tempo se locomovendo para encontrar clientes, ir ao fórum, ao tribunal, a reuniões e outros compromissos profissionais, aliar o uso do celular ao de um tablet pode ser uma boa forma de se tornar mais produtivo.

Com os dois aparelhos sincronizados na mesma conta, você tem acesso a todas as informações e consegue trabalhar de qualquer lugar. O tablet ainda tem a vantagem de ser um aparelho maior, que oferece mais conforto de uso para atividades profissionais. Por isso, pode ser uma ótima ferramenta para advogados na hora de fazer anotações, videoconferências, apresentações e até redigir peças. Sem falar que causa uma ótima impressão para o seu cliente, que perceberá a sua agilidade em resolver problemas e preocupação em atendê-lo bem.

Como escolher os melhores smartphones e tablets para advogados?

Para escolher os dispositivos ideais para a sua rotina jurídica, que vão realmente ajudar a melhorar a sua atuação, é preciso levar em consideração alguns aspectos:

  • Modernidade e aparência: Quanto mais moderna for a tecnologia e mais bonito for o design desse tipo de aparelho, melhor será a imagem do advogado e a impressão que ele transmitirá a clientes e colegas. Além disso, as novas tecnologias oferecem baterias mais duráveis e maior agilidade no uso;
  • Tipo de uso: Imagem não é tudo. Para que os aparelhos sejam realmente úteis e não se transformem em um mero objeto decorativo, é preciso que funcionem como uma extensão do seu escritório. Por isso, antes de ir às compras, faça uma lista dos problemas que você quer resolver e procure o dispositivo que melhor atenda essas necessidades;
  • Qualidade da câmera: Uma câmera potente é coringa na hora de digitalizar documentos, dispensando os velhos scanners. Para facilitar essa tarefa, você pode baixar aplicativos que ajudam a capturar os documentos, transformá-los em PDF, salvá-los na nuvem ou encaminhá-los por email. O Camscanner faz tudo isso e tem versão gratuita para diferentes sistemas operacionais;
  • Memória: A computação na nuvem tem poupado muitos gigabytes (GB) de memória nos nossos aparelhos. No entanto, se você não é familiarizado com esse tipo de tecnologia, lida com um volume muito intenso de informações ou adora fazer fotos e vídeos, talvez seja interessante optar por aparelhos com, pelo menos, 16 GB de memória.

Substitua sua biblioteca física pela virtual com apenas um gadget

Você conhece o Kindle ou o Kobo? O primeiro é comercializado pela Amazon e o segundo pela Livraria Cultura. Ambos são aparelhos eletrônicos, chamados e-readers, para leitura de livros digitais. Com uma tela que imita o conforto de um papel, o equipamento é leve e permite que você o transporte com facilidade para qualquer lugar.

Além disso, é possível salvar em um único e-reader vários livros e acompanhar a evolução de leitura de cada um deles. Ah, e a bateria dura meses, o que te dá ainda mais mobilidade.

Dependendo do modelo, é possível grifar as partes mais importantes das obras e até compartilhar trechos interessantes nas redes sociais. As livrarias virtuais das marcas oferecem um catálogo razoável de livros jurídicos, com títulos nacionais e internacionais. Outra vantagem é que os livros digitais costumam ser bem mais baratos do que os físicos.

Equipamentos simples para um escritório mais otimizado

Se você trabalha em coworking, escritório compartilhado ou precisa lidar com barulhos externos durante o trabalho, um bom fone de ouvido pode ser sinônimo de mais concentração. O conforto de uso e a qualidade de isolamento acústico é fundamental para este propósito. Os modelos intra auriculares e os headphones são boas pedidas.

Outros equipamentos simples que podem ser utilizados para otimizar o seu dia a dia são:

  • Headphones com microfone – Ideal para as secretárias ou para os dias que você passará muitas horas ao telefone. É importante investir em equipamentos de qualidade para evitar ruídos nas chamadas e ter mais conforto de uso;
  • TV de tela plana para reuniões – Uma tela grande e um cabo HDMI – ou compartilhamento de tela via Chrome Cast e Apple TV – são ótimos para exibir apresentações para sócios, clientes ou colaboradores. Além de ajudar a reter a atenção das pessoas, facilitam a visualização e o compartilhamento do conteúdo;
  • Monitor para a mesa de trabalho – Hoje em dia, os notebooks substituem facilmente os computadores de mesa. No entanto, uma tela maior acaba fazendo falta quando é preciso passar longas horas em frente ao computador. Além disso, o equipamento ajuda a manter uma boa postura, evitando lesões nos ombros, costas e pescoço, e pode ser usado simultaneamente com a tela do notebook – enquanto você usa uma tela para redigir peças jurídicas, pode usar a outra para fazer pesquisas, por exemplo.

Como está a qualidade da sua internet?

De nada adianta adquirir os melhores equipamentos do mercado se não houver investimento na qualidade da internet necessária para usá-los. É preciso dedicar atenção especial tanto à rede que permite seu trabalho diário quanto a dos dispositivos móveis. Lembre-se que a agilidade da conexão acelera também a realização das suas tarefas, a gestão da sua atividade jurídica e melhora a comunicação com clientes, parceiros e colegas.

A inovação tecnológica para advogados sai na frente da burocracia e da indecisão. Ela caminha em alta velocidade e exige do profissional de direito frequente atualização e priorização.

 

Por Aurum

Fonte: https://www.aurum.com.br/blog/ferramentas-para-advogados-como-usar-tecnologias-inovadoras/

Comentários

Comentários