Integração e ambiente descontraído: a rotina na melhor empresa de pequeno porte para trabalhar do RS

Com atenção aos colaboradores, atuação da DOC9 no ramo jurídico é marcada por inovação e colaboração interna

Ao pensar em uma empresa especializada em serviços jurídicos, logo vem a cabeça a imagem de um escritório sério e formal A DOC9, no entanto, chegou ao mercado há nove anos para quebrar essa visão tradicional. A inovação da DOC9, a colaboração interna entre as equipes e as oportunidades de crescimento a levaram ao topo da pesquisa do GPTW entre as melhores pequenas empresas para se trabalhar no Rio Grande do Sul em 2018.  O levantamento foi divulgado nesta quinta-feira (22).

Com sede em Porto Alegre, a empresa presta serviços para escritórios de advocacia, setores jurídicos empresariais e advogados autônomos com foco em qualidade, facilidade e segurança. Internamente, o clima é de motivação num ambiente de trabalho descontraído.

— Aqui, cada um fica à vontade para ser ele mesmo — aponta Amanda Cornetet dos Santos, superintendente de Pessoas.

Cuidar da satisfação dos colaboradores é uma preocupação que está enraizada na DOC9 desde a sua fundação. Por isso, a empresa buscou desenvolver programas para que os funcionários se sentissem bem no ambiente de trabalho e pudessem criar laços com seus colegas. Também há espaço para que os colaboradores façam suas sugestões, em pesquisas de satisfação semestrais.

Para alcançar seus objetivos de resultado e qualidade, a empresa aposta no comprometimento e na colaboração. Confraternizações, campanhas integradas e ações sociais são algumas das formas de incentivar a cooperação.

— Se um colega de outro setor me ajuda em um projeto, posso enviar carta de agradecimento a ele, que será lida para toda a empresa — explica José Eduardo Lima de Oliveira, estagiário de marketing.

O escritório aberto, sem salas ou mesas individuais, também favorece a integração. É um convite às pessoas a dialogar umas com as outras e a sair da sua zona de conforto.

A construção do ambiente de trabalho agradável começa já no recrutamento para novas vagas. A análise de perfis favorece a seleção de pessoas que se adaptam ao ambiente descontraído e que se reconhecem com os valores da empresa. Outro aspecto importante é a retenção dos profissionais. Para isso, há um programa de carreira baseado em desempenho e resultados.

— Nossas vagas geralmente são iniciais e estimulamos que as pessoas cresçam dentro da DOC9. Procuramos fechar as vagas táticas e estratégicas com recrutamentos internos — aponta Amanda.

O colaborador é avaliado periodicamente pelos superiores, pelos colegas e, também, analisa suas próprias ações: é a avaliação de competências periódica, em que o funcionário fica ciente das habilidades que precisa desenvolver para prosseguir na carreira dentro da organização.

— Acredito que uma empresa com valores e propósitos claros é o caminho. As pessoas precisam saber o que se espera delas e perceber que são reconhecidas por isso — afirma Lísia Amorim Pinheiro, gerente de Gestão de Pessoas.

Alguns programas da DOC9

DOC Pontos
Programa de milhas para os colaboradores da empresa com base em performance, inovações, indicações de colegas ou outras competências. Os pontos acumulados podem ser trocados por prêmios diversos.

Encontro de carreiras
Profissionais que buscam outra posição ou troca de área podem participar de um encontro para discutir os planos de carreira.

 

Por Gauchazh

Fonte: https://gauchazh.clicrbs.com.br/educacao-e-emprego/noticia/2018/11/integracao-e-ambiente-descontraido-a-rotina-na-melhor-empresa-de-pequeno-porte-para-trabalhar-do-rs-cjot6z5py0fyb01piysw1bswb.html

Comentários

Comentários