Inteligência artificial da IBM já ajuda advogados brasileiros

A plataforma cognitiva Watson é usada em escritório e poderá até resumir processos

Personalizada para a empresa, a assistente pessoal que usa a inteligência artificial do Watson no escritório Urbano Vitalino, do Recife (PE), é chamada Carol.“Ela realizará atividades repetitivas. Lidamos com mais de 100 mil processos judiciais, publicações diárias e novos processos que precisam ser analisados e colocados em um sistema próprio”, afirma Urbano Vitalino Neto, sócio-diretor do escritório, em entrevista ao Site EXAME.

Ou seja, o trabalho da Carol consistirá em automatizar o preenchimento de dados de processos judiciais no sistema interno da firma.

De acordo com Vitalino Neto, a taxa de preenchimento correto dos dados de um processo no sistema da companhia é de 75% quando o trabalho é feito por humanos e de 95% com o uso da tecnologia do IBM Watson.

Christiano--Sobral

Urbano Vitalino: diretor-executivo Christiano Sobral usa sistema com IBM Watson (Eudes-Santana//Divulgação)

A partir de meados de 2018, uma segunda etapa do uso da assistente Carol entrará em curso. Além de extrair itens básicos dos documentos, como nomes das partes e dados pessoais, a Carol fará um resumo das peças processuais. Para isso, ela identificará e destacará os pedidos que constam no processo, mesmo que ele estejam em algum ponto do texto que passaria despercebido aos olhos de um ser humano.

“Poderemos entender de antemão a complexidade do processo. Ela ajuda a determinar se a ação é corriqueira ou estratégica para o escritório”, declarou Christiano Sobral, diretor-executivo da empresa.

O investimento do escritório para a implementação da Carol não foi informado, mas a empresa ressalta que o seu investimento anual em tecnologia foi de cerca de 2 milhões nos últimos cinco anos.

“Não estamos olhando diretamente para o resultado, mas esperamos um aumento de produtividade de 30% no médio prazo”, disse Vitalino Neto.

O escritório Urbano Vitalino tem 80 anos de existência, 500 funcionários, sendo 200 advogados, e unidades no Recife, São Paulo, Rio de Janeiro, João Pessoa, Natal, Salvador e Angola.

Fonte https://exame.abril.com.br/tecnologia/inteligencia-artificial-da-ibm-ja-ajuda-advogados-brasileiros/

Por Lucas Agrela

Comentários

Comentários