Juris Correspondente e Órbi Conecta: Uma parceria estratégica para as lawtechs mineiras

Em novembro de 2017, o Juris Correspondente, então com cinco anos de existência, sofreu uma reviravolta em sua trajetória. Nossa Equipe deixou nosso antigo lar até então, no bairro Santa Efigênia, em Belo Horizonte/MG, para se tornar a mais nova start-up a adentrar o ecossistema do Órbi Conecta.

Localizado no coração da capital mineira, o Órbi Conecta abriga dentro de sua estrutura algumas das start-ups mais interessantes e promissoras de todo o San Pedro Valley, que é como é chamado o conjunto de empresas de tecnologia belo-horizontinas. O Órbi conta com um espaço de de 1.200 metros quadrados e possui infraestrutura para até 20 start-ups. As empresas residentes podem compartilhar entre si conhecimentos, experiências e know how. Além disso, há espaço para cursos, workshops e reuniões de negócios.

Em menos de um ano desde sua inauguração, o Órbi já foi o local de realização de importantes eventos, como o Uber Hack: Belo Horizonte (uma maratona tecnológica promovida pela gigante norte-americana da mobilidade urbana) e o ConstruTalk (evento voltado para a área de construção civil promovido pela MRV). No último dia 26 de abril, também foi realizado um importante evento que contou com a realização do Juris Correspondente: o Legal Connections.

Parte do universo da Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs – AB2L, o Legal Connections foi realizado para ampliar cada vez mais as relações entre as lawtechs/legaltechs com aqueles que serão seus principais beneficiários: advogados, departamentos jurídicos e escritórios de advocacia. O evento contou com palestras, debates e o lançamento do capítulo local da AB2L.

Recebemos cerca de 150 empresários, estudantes de Direito e advogados, que participaram ativamente do evento. Na abertura, a COO do Juris Correspondente Sarah Dutra e a cofundadora do Órbi Anna Martins discursaram sobre a importância da inovação e da diversidade. Em seguida, tivemos o prazer de ter uma palestra ministrada pelo executivo e advogado Christiano Xavier, com passagem pela Localiza e hoje comandante da Future Law, que ministra cursos para advogados sobre temas atualíssimos, como design thinking e blockchain. Em sua fala, Xavier declarou que a tendência da advocacia do futuro é cada vez menos litígios e mais acordos entre as partes.

O evento também contou com um ciclo de debates moderados por Guilherme Freitas, hoje no comando do departamento jurídico da MRV. Finalmente, encerrando o evento, Roberto Novaes, do escritório Marcelo Tostes, apresentou seu estudo, no qual identifica a existência de 18 lawtechs no estado de Minas Gerais, bem como os atuais desafios que elas enfrentam.

De toda forma, com a realização do Legal Connections, o Juris se posiciona de forma estratégica dentre as lawtechs mineiras, o que só tende a se fortalecer com a nossa permanência no Órbi. Com isso, continuaremos a caminhar rumo ao nosso objetivo de formar cada vez mais novos “advogados modernos”.

 

Por Tiago dos Santos

Fonte: https://www.lexmachinae.com/2018/06/05/juris-correspondente-orbi-conecta-lawtechs-mineiras/

Comentários

Comentários