Ministro das Finanças de Portugal deposita confiança sobre os reguladores de Bitcoin

Mario Centeno, presidente do Eurogroup e ministro das finanças de Portugal recentemente declarou estar confiante quanto a supervisão dos órgãos reguladores europeus a respeito do Bitcoin, quando questionado se há preocupações com o potencial impacto da moeda na zona do euro.

Em entrevista para a Bloomberg, Centeno disse que os reguladores europeus, assim como outros ao redor do mundo, estão cintes do papel das criptomoedas e acompanhando seu desenvolvimento. Ele adicionou que, como ministro das finanças, está confiante quando a supervisão do cenário atual.

Centeno se mostra preocupado com a ideia do Bitcoin se configurar como uma bolha, afirmando que esta composição não seria agradável. Para ele os reguladores estão mais conscientes, principalmente se compararmos com o mercado financeiro de 2008.

“Se voltarmos a ter problema com algum tipo de bolha financeira, seria uma situação muito ruim. No entanto acho que os reguladores estão muito mais preparados a este respeito e fazendo seus trabalhos”

As palavras de Centeno vem em um momento em que o Bitcoin atinge um novo patamar e começa a expressar a marca de $ 20 mil. Como ele ressaltou, os reguladores estão aumentando a supervisão sobre as criptomoedas e seus desdobramentos. Tanto que, neste mês, vários reguladores validaram as moedas digitais.

Conforme reportado recentemente pelo CCN, o presidente da Israel Securities Authority se juntou ao coro das criticas que chamam o Bitcoin de “bolha” e comparando o interesse que ele desperta com a corrida do ouro do século XIX. Apesar da sua posição sobre o Bitcoin, o diretor do órgão regulador sugeriu que fosse estabelecida uma abordagem amigável para os ICOs.

Bitcoin no alvo dos reguladores mundiais

A New Zealand’s Financil Markets Authority (FMA), também publicou um aviso aos potenciais investidores para ficarem longe de um empreendimento em torno de $ 220 milhões da moeda local. A superintendente do New York Departament of Financial Services, Maria Vullo, recentemente disse ao Bloomberg que o regulador mantém o Bitcoin sob atenção.

As ocorrências acima mencionadas foram todas relatadas este mês e revela que os órgãos reguladores estão de fato com os olhos no Bitcoin e no ecossistema de criptomoedas, conforme Centeno pontuou. O Banco Central de Portugal também deixou claro estar monitorando o Bitcoin e não se mostra amigável com relação a moeda.

Para Helder Rosalino, diretor do Banco de Portugal (BdP), o banco central do país, o Bitcoin não é uma moeda. Apesar do seu ponto de vista, o portal de notícia CCN revelou, no inicio deste ano, que Portugal pretende taxar os usuários de Bitcoin, mesmo com a falta de regulamentação. Em relação ao OneCoin, o órgão financeiro emitiu recentemente um aviso que alerta potenciais investidores.

 

Por 

Fonte: CCN

Comentários

Comentários