MS: Justiça do Trabalho realiza sessões por videoconferência

Depois de 46 dias suspensos, os prazos processuais voltaram a contar ontem (4/5), em todo o Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul. A suspensão foi motivada para evitar o contágio pelo novo coronavírus.

Na Justiça do Trabalho, os prazos em curso ao tempo da suspensão passaram a fluir novamente a partir desta segunda-feira, sendo restituídos por tempo igual ao que faltava para sua complementação. Já as atividades presenciais continuam suspensas e o trabalho remoto segue como regra, até o dia 15 de maio.

Outra novidade são as sessões e audiências telepresenciais. Nesta terça-feira (5/5), a Primeira Turma do TRT da 24ª Região fará o primeiro julgamento por videoconferência da história do tribunal. A sessão por videoconferência se diferencia das sessões eletrônicas, que já vinham sendo promovidas pela Justiça do Trabalho em Mato Grosso do Sul, porque possibilita a realização de sustentações orais pelos advogados, evitando deslocamentos e proporcionando economia.

No dia 6 de maio, a partir das 9h, a 2ª Turma vai promover uma audiência telepresencial para julgar seis ações trabalhistas e outra virtual com 60 processos. E no dia 7 de maio, às 14h, os desembargadores do TRT/MS farão a sessão do Tribunal Pleno por videoconferência, com quatro processos em pauta. As sessões serão transmitidas em tempo real pelo canal do TRT/MS no YouTube.

Retomada das audiências – Além dos prazos processuais, as audiências também retornam, gradualmente, e serão realizadas por meio virtual ou telepresencial, na seguinte ordem:

1º) audiências de casos envolvendo tutelas de urgência e com cadastro do assunto COVID-19, que poderão ser realizadas a partir de 4 de maio de 2020;

2º) audiências de conciliação com pedido das partes e, em qualquer fase processual, a critério do juiz, que podem ser realizadas a partir de 4 de maio de 2020;

3º) processos com tramitação preferencial, na forma da lei, que poderão ser realizadas a partir de 11 de maio de 2020; e

4º) audiências iniciais, que poderão ser realizadas a partir de 18 de maio de 2020. O atendimento ao público durante o período de quarentena está sendo realizado por telefone ou e-mail.

Fonte: Diário Digital

Comentários

Comentários