O que George Orwell, Blockchain e Apple Card possuem em comum?

George Orwell, após a segunda guerra mundial, escreveu um romance inspirado nos regimes totalitários das décadas de 30 e 40, cuja história é sobre um homem vivendo num Estado totalitário que usando vigilância constante, aterroriza cidadãos escutando a todos e monitorando todas as interações.

Nesse mundo Orwelliano, “claro, que não havia como saber se você estava sendo observado num momento específico. Tentar adivinhar o sistema utilizado pela polícia das ideias para conectar-se a cada aparelho individual ou a frequência com que o fazia não passava de especulação. Era possível inclusive que ela controlasse todo mundo o tempo todo. Fosse como fosse, uma coisa era certa: tinha meios de conectar-se ao seu aparelho sempre que quisesse. Você era obrigado a viver… acreditando que todo som que fizesse seria ouvido e, se a escuridão não fosse completo, todo movimento era examinado meticulosamente”. – George Orwell, no livro 1984.

Leia a matéria na íntegra: //politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/o-que-george-orwell-blockchain-e-apple-card-possuem-em-comum/

FONTE: Estadão.

Comentários

Comentários