Organização Mundial do Comércio destaca que a blockchain já está transformando o comércio internacional

Nesta semana, a Organização Mundial do Comércio (OMC) apresentou um relatório no qual destaca que a tecnologia e a inovação já estão impactando o comércio global, em especial, inovações como internet das coisas, (IoT), impressão 3D, inteligência artificial e blockchain estão criando novos mercados, novos produtos e novos modelos de negócios.

Azevêdo é um entusiasta da potencialidade da tecnologia blockchain e já havia afirmado, pouco antes do Fórum Econômico Mundial, que via na tecnologia novas oportunidades para o comércio global.
“O Bitcoin está no centro de um debate mundial. É cedo, e mesmo difícil saber que rumos tomará. Dito isso, acho que há um grande potencial relacionado à tecnologia do blockchain, que está por trás da moeda virtual. Uma operação de exportação-importação, por exemplo, envolve muitas etapas e diferentes intermediários. Para isso, uma tecnologia que dê segurança e confiabilidade às transações pode ser de grande utilidade para reduzir custos, simplificar transações e facilitar o acesso ao comércio. Certamente vejo potencial para aplicação dessa tecnologia na área do comércio internacional. O setor privado já tem levantado essa bandeira”, disse ao Jornal O Globo.

No caso do Brasil, o relatório aponta que o comércio exterior  poderá ter crescimento adicional de cerca de três pontos percentuais por ano até 2030 caso o país seja eficiente na adoção e implementação destas novas tecnologias, mas, como mostra o jornal Valor Econômico, para se tornar realidade, a expansão, como sempre, depende de “políticas apropriadas complementares”. Traduzindo: estímulos para inovação e liberalização no setor de serviços (que inclui área financeira, logística, telecom, saúde etc.).

Azevêdo destaca também que, até 2030, a cadeia de blocos pode gerar ganhos de até US$3 trilhões em todo o globo e com isso moldar a forma como o comécio internacinal é executado, da mesma forma, aponta ele, inteligência artificial e internet das coisas têm um número enorme de aplicações potenciais. A impressão 3D por exemplo, pode transformar o que se compra.

“EM VEZ DE COMPRAR O PRODUTO ACABADO, VAMOS ESTAR COMPRANDO O CÓDIGO NECESSÁRIO PARA REPRODUZI-LO”, OBSERVOU O BRASILEIRO.

 

Por  Cassio Gusson

Fonte: https://www.criptomoedasfacil.com/organizacao-mundial-do-comercio-destaca-que-a-blockchain-ja-esta-transformando-o-comercio-internacional/

Comentários

Comentários