Órgão regulador de Israel lança sistema de mensagens baseado em blockchain

De acordo com o artigo publicado pela agência de notícias Coindesk, o órgão regulador de valores mobiliários de Israel lançou um sistema de mensagens baseado em blockchain em uma tentativa de melhorar a segurança.

Conforme relatado pelo The Times of Israel, a Autoridade de Valores Mobiliários de Israel (ISA, na sigla em inglês) anunciou nesta quarta-feira, 03 de outubro, que a tecnologia foi implementada inicialmente em toda a sua plataforma “Yael”, que a agência usa para se comunicar com entidades sob sua jurisdição.

O Times indica que a integração da blockchain foi desenvolvida nos últimos meses pela empresa de segurança cibernética israelense Taldor. Ao usar a tecnologia imutável da blockchain, a agência pretende verificar a autenticidade e a proveniência das mensagens, bem como evitar a fraude, impedindo que as comunicações sejam alteradas.

A ISA é citada dizendo que a integração fornece uma camada extra “garantindo a credibilidade das informações transmitidas aos órgãos supervisionados”.

A partir de agora, o ISA também pretende integrar a blockchain em dois outros sistemas – uma plataforma de votação de acionistas online desenvolvida pela ISA e um arquivo de documentos reguladores chamado Magna.

Natan Hershkovitz, diretor do Departamento de Sistemas de Informação da agência, disse:

“A IMPLEMENTAÇÃO DA TECNOLOGIA BLOCKCHAIN NOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DA ISA FAZ COM QUE SEJA UMA DAS AUTORIDADES LÍDERES GLOBAIS NA GARANTIA DA INFORMAÇÃO FORNECIDA AO PÚBLICO.”

Enquanto o regulador – como entidades semelhantes em todo o mundo – está obviamente entregue aos benefícios da blockchain, ele tem sido mais cauteloso quando trata-se de criptomoedas.

Em março, a ISA baniu as empresas que basicamente detém, investem ou mineram as criptomoedas da listagem na Bolsa de Valores de Tel Aviv. Citando alta volatilidade nos mercados, a agência disse que estava protegendo os investidores passivos com a mudança, já que seus portfólios rastreiam os índices da bolsa.

Com Israel tornando-se uma espécie de foco de startups de criptomoedas e blockchain, no entanto, o regulador achou por bem divulgar orientações sobre quais tokens seriam classificados como títulos.

Também anunciado em março, a ISA disse na ocasião que avaliaria novos tokens caso a caso, e que permitiria que casos de uso como serviços públicos e pagamentos fossem classificados fora da caixa de valores mobiliários.

 

Por  Amanda Bastiani

Fonte: https://www.criptomoedasfacil.com/orgao-regulador-de-israel-lanca-sistema-de-mensagens-baseado-em-blockchain/

Comentários

Comentários