Produtividade e Tecnologia na Advocacia em Porto Velho – RO.

A Escola Superior da Advocacia da OAB/RO em parceria com a Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs (AB2L) e o capítulo Legal Hackers Porto Velho, realizaram no dia 20.08 um Meet Up para debater Produtividade e Tecnologia na Advocacia. O encontro contou com a valorosa participação do advogado especialista em direito digital e Presidente da Comissão de Direito Digital Inovação e Startups da OAB AM, Aldo Evangelista, que diante de um público seleto e atento, abordou o movimento que a tecnologia vem produzindo no mercado, na sociedade e principalmente no mundo jurídico. Em sua explanação, destacou que, A forma acelerada em que as informações são processadas, permite o desenvolvimento de plataformas, softwares que geram maior eficiência e assertividade na atuação profissional do advogado, que pode se dedicar à produção intelectual, que é a grande atividade do profissional do direito. Hoje, as Lawtechs oferecem ferramentas que funcionam como auxiliares nas atividades rotineiras do profissional e proporcionam um melhor aproveitamento do tempo, gerando consequentemente economia e eficiência no exercício profissional. Na mesa de debates, houve ainda a participação do Advogado e Empreendedor Edson Pontes, a advogada especialista em Direito Médico, Enmanuely Soares, e a advogada entusiasta em educação e cultura digital, Fabíola Rebele, que instigaram a participação direta da classe na produção e desenvolvimento dessas soluções, assim como a evolução da atividade em harmonia com o desenvolvimento tecnológico, diante da da nova configuração do cliente tecnológico. O intuito do encontro era engajar faculdades, escritórios, empreendedores, empresas de tecnologia, governos, prestadores de serviços e outros atores que trabalham no desenvolvimento rápido de soluções inovadoras a impactarem positivamente o ecossistema da Justiça. Na finalização do encontro, ocorreu a passagem da representação da AB2L em Rondônia para o Advogado pós graduando em jurimetria, Lucas Aquino, que hoje está a frente da associação, na missão voluntária de fomentar ecossistema de inovação na comunidade jurídica.

Comentários

Comentários