Quais os benefícios da tecnologia para escritórios de advocacia?

Por Caio Santos, CEO e fundador da Data Lawyer

O papel de organizar, avaliar resultados e direcionar as mudanças de um escritório não é tarefa fácil e cada alteração na estratégia pode gerar um impacto positivo ou negativo para o negócio. Em um mercado tão competitivo, esqueça o “achismo”. As decisões devem ser baseadas em dados e análises eficientes. Sendo assim, implantar um sistema inteligente de jurimetria se torna imprescindível.

Acredito que, por isso, os escritórios de advocacia tendem a olhar para o mercado e buscar soluções digitais por várias razões. Mas, no geral, a maioria delas é sustentada por um desejo de agilizar seus processos, no que diz respeito aos volumes e à demanda para análise quantitativa dessas informações.

Ter no seu escritório um software jurídico significa muito mais do que contar com ferramentas que irão facilitar sua rotina e automatizar tarefas repetitivas. Trata-se de um fator estratégico, porque tem por função primordial tornar o escritório de advocacia muito mais ágil e competitivo. Noto que os advogados sabem que a Jurisprudência, além de ser uma fonte do Direito, é uma diretriz essencial para a sua atuação. Dessa forma, tornam possível uma melhora no modo de pesquisa, nas decisões e em bons resultados. É importante ressaltar que a principal característica da advocacia moderna é ter a tecnologia como sua aliada na análise jurídica baseada em dados, uma vez que ela se torna uma das técnicas indispensáveis para a advocacia.

Portanto, o maior benefício de aderir a esses recursos tecnológicos é o fato de serem um grande aliado dos departamentos jurídicos preocupados em se destacar no mercado pela eficiência na prestação dos serviços. O software, nascido a partir do Legal Analytics, elabora estratégias processuais com mais efetividade, cruzando informações de padrões de processos, suas respectivas causas com o perfil de cada litigante. Mas, para atender a essa necessidade do advogado, o programa precisa contar com alguns benefícios.

A Jurimetria identifica padrões para a melhoria da operação de um departamento jurídico, traçando uma linha de ação maior e com mais chances de sucesso. Por meio dessas tecnologias, que utilizam recursos de Inteligência Artificial e Big Data, o advogado consegue analisar as informações e escolher caminhos que sejam mais interessantes para os objetivos do cliente.

Além disso, pode ser aplicada, por exemplo, no tempo de duração de um processo, ou em um marco processual; na propensão de um réu aceitar um valor proposto em audiência ou na decisão que será proferida por determinado juiz. São essas estatísticas que permitem tomadas de decisões assertivas!

Vale reforçar que, em um certo momento o escritório de advocacia ou departamento jurídico deixarão de se preocupar apenas com um processo e passarão a querer conquistar objetivos em longo prazo. Portanto, o recurso em questão influencia na estratégia de negócios e se torna uma ferramenta especial para eles.

Para concluir, como estamos vivendo a 4ª Revolução Industrial, a tecnologia precisa estar sempre presente na automatização de tarefas repetitivas. E é exatamente a automação de tarefas que faz com que o software jurídico seja essencial para os escritórios de advocacia.

Caio das Chagas e Santos é administrador, analista de dados, idealizador e fundador do Data Lawyer, um hub de tecnologia jurídica, com produtos voltados para gestão e análise de dados. Depois de três anos de muito aprendizado no controle da Aviso Urgente, empresa que trabalha com os prazos processuais de mais de 10 mil advogados, lançou o novo software com o mesmo compromisso: conquistar credibilidade, confiança e qualidade. Apaixonado por empreendedorismo, conta com uma equipe especializada para auxiliá-lo nesse novo desafio, além de ter como co-founder, Wagner Siqueira, profissional com mais de 15 anos de experiência em gestão jurídica.

FONTE: //www.segs.com.br/info-ti/205714-quais-os-beneficios-da-tecnologia-para-escritorios-de-advocacia

Comentários

Comentários