Se você não se autocanibalizar, será canibalizado.

“Se você não se autocanibalizar, será canibalizado.” (Steve Jobs) Faz menos de três meses que Pedro Lameirão e eu lançamos o portal Direito da Inteligência Artificial.  Contudo, ao nos aprofundarmos ainda mais no tema, percebemos que o nome “Direito da Inteligência Artificial” (https://lnkd.in/fThg7QF) não atendia as ambições do projeto. Diante disso, passamos a buscar um nome que se adequasse de forma mais satisfatória à amplitude de nossos objetivos, até que encontramos LEX MACHINÆ. A expressão em latim é polissêmica e pode ser traduzida como direito da máquina ou lei da máquina. “Direito da Máquina” contempla de forma mais adequada outros campos de estudo e tecnologias disruptivas tão importantes quanto a inteligência artificial, tais como neurociência, blockchain, engenharia genética, big data, entre outros. “Lei da máquina” suscita a dúvida sobre quem será responsável por exercer essa função de poder em um futuro não tão distante. Ambos os sentidos retratam o quão instigante é o tema e convidam o interlocutor a participar do debate, objetivo primordial do projeto.  E já tem novidade! Acessa lá: www.lexmachinae.com

Comentários

Comentários